Posso te ajudar?

       Quem ainda não fez caridade, não sabe o quanto é gratificante para nós mesmos quando ajudamos uns aos outros. Ninguém tem obrigação nenhuma de fazer caridade, mas aí é que está: caridade é ter amor a Deus e ao próximo, é ser solidário, é ter compaixão.
        Ser caridoso não é orgulho, não precisa contar para ninguém o que você fez, só ajude, sem esperar nada em troca. Não é necessário ter dinheiro, nem nada material, precisa apenas da sua boa vontade. Sim, porque quando nos referimos à caridade, não é só de ajuda financeira que estamos falando. Muitas pessoas só precisam de uma mãozinha, de um abraço, de um tempinho seu ali do lado dela, de alguém que ouça o que ela tem pra dizer, alguém que demonstre que ela é importante. 
        No mundo de hoje, onde as pessoas se tornaram invisíveis, visto que a pressa e a tecnologia invadiram nossas vidas, você não sabe o poder que um simples "bom dia" tem. Quando uma pessoa nos diz "bom dia" ou esboça um sorriso, sentimos uma conexão, afinal, fomos notados, não estamos mais sozinhos.
        Você que não sabe por onde começar, quando sair na rua, cumprimente, mesmo que não haja retorno, só faça, pois muitas vezes não é aquela pessoa com a qual você está tentando interagir que vai receber a mensagem, uma terceira pessoa pode se contagiar com o seu sorriso.
          Ofereça ajuda, doe um pouquinho do seu tempo, do seu conhecimento. É simples, chegue e fale, posso ajudar? O que precisa que eu faça? Seja empurrar o carro que enguiçou, sinalizar enquanto alguém precisa atravessar a rua, ajudar um idoso que esteja com alguma dificuldade, ajudar um cadeirante a se locomover, ensinar algo a alguém, prestar serviços voluntários, enfim, existem muitas coisas que você pode fazer. 
          Informe-se no seu bairro, escola ou igreja se há algo que você possa trabalhar como voluntário, certamente você tem alguma habilidade que poderá usar para ajudar outras pessoas. No início você pode até sentir vergonha de se oferecer, com o tempo se torna mais natural, mas lembre-se de sempre perguntar se a pessoa quer sua ajuda, você não quer ser um intrometido né?
           E lembre-se "MAIS AMOR POR FAVOR", você não está sozinho.

Crédito da imagem: Esta imagem foi retirada do site


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Depressão! Doença ou frescura?

Me respeite!!!